Turismo também entra nos escândalos

Aumenta o mar de lama no Governo Dilma. O diretor-executivo da Polícia Federal (PF), Paulo de Tarso Teixeira – PF (foto de Walter Campanato/ABr) confirmou hoje a prisão do secretário-executivo do Ministério do Turismo, Frederico Silva da Costa, do secretário nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Colbert Martins da Silva Filho e do ex-presidente da Embratur Mário Moyses. Segundo a PF, Colbert é o único ex-parlamentar entre os presos.

Foram cumpridos ainda sete mandados de busca e apreensão. Em apenas um, foram encontrados R$ 610 mil em espécie na casa do diretor-executivo do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento de Infraestrutura Sustentável (Ibrasi). A instituição fora envolvida no esquema de desvio de recursos em programas de capacitação profissional.

Cerca de R$ 3 milhões – de um convênio de R$ 4,4 milhões entre o Ministério do Turismo e o Ibrasi – teriam sido desviados, segundo levantou a PF. Veja matéria completa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s