Professores rememoram agressões

Amanhã, dia 30/08, 2.134 escolas do Paraná paralisam suas atividades. O fechamento das aulas é para relembrar as agressões sofridas nos anos 80 e pela luta por um projeto de lei da equiparação salarial.

Uma passeata sai da Praça Santos Andrade (Curitiba) em direção ao Palácio das Araucárias. A concentração foi marcada para 9h. Uma comissão de diretores da APP-Sindicato será recebida, pelo governador em exercício Flávio Arns. Atos regionais são previstos para todo o Estado.

A categoria exige que o governo pague aos professores do Estado o Piso do Magistério, estipulado em lei federal (Lei 11.738/2008); e que seja estabelecida a equiparação entre professores e demais servidores públicos de nível superior.
 
Também estará na pauta o não fechamento das turmas e o porte de escolas. Em nome da “otimização”, o governo vem adotando uma política de fechamento de turmas. Ocorre que educação não combina com superlotação. Veja matéria completa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s