Noite de Curitiba pede segurança

Uma campanha por segurança na noite Curitiba acaba de ser lançada na cidade por proprietários de bares, casas noturnas e restaurantes, que se reuniram com a Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar) . O objetivo é evitar mortes que estão se tornando frequentes nas saídas de bares da capital.

O presidente da Abrabar, o jornalista Fabio Aguayo (foto), quer que órgãos públicos criem formas coibir a violência. “Foram mais de 20 vítimas nos últimos doze meses”, aponta ele, de posse de um levantamento informal. O movimento nas casas noturnas “envolvidas” chegou a cair cerca de 70%. “Houve um corte de quase metade do quadro de funcionários”, diz Aguayo.

O problema é que a violência, quase sempre, ocorre no lado de fora dos estabelecimentos e, portanto, foge da segurança das casas noturnas. Entretanto o noticiário faz referência ao ponto comercial, o que depõe contra ele e provoca o distanciamento da clientela.

O jornal Gazeta do Povo, em matéria do jornalista Vitor Geron, tratou do assunto com detalhes. Veja a matéria completa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s