Seguro de veículo requer cuidado

Mais de 4.100 veículos, entre carros e motocicletas, foram roubados ou furtados em Curitiba no primeiro semestre deste ano. As informações são da Federação Nacional das Empresas de Seguros Privados e de Capitalização (Fenaseg). Isso dá uma média de 23 veículos roubados ou furtados por dia e menos de um por hora. Em todo o Paraná, foram 9.890 furtos e roubos ou pouco mais de dois carros por hora.

O número de pessoas interessadas em seguros cresce na proporção que os número de furtos e roubos se eleva. Mas o ProconPR alerta que não é apenas com o furto ou o roubo que é preciso ter prevenção. Na hora de contratar o seguro também é preciso muito cuidado.
                                                                                             
A coordenadora do Procon-PR, Claudia Silvano, alerta para os veículos adquiridos em leilão e até das próprias seguradoras. Geralmente são veículos recuperados após colisão ou de roubos e furtos recusados na hora do seguro.

“O fato do veículo ter sido adquirido em um leilão não justificativa a recusa”, explica Claudia. “Isso é prática abusiva, com base no artigo 39, do Código de Defesa do Consumidor”. É proibido ao fornecedor de produtos ou serviços, dentre outras práticas abusivas, recusar a venda de bens ou a prestação de serviços, diretamente a quem se disponha a adquiri-los mediante pronto pagamento. E há mais dicas do Procon PR sobre o tema. Veja matéria completa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s