Exagero de candidatos em Curitiba

Até o dia 16 de setembro teremos as convenções partidárias que vão definir os nomes dos candidatos a prefeito e a vereadores de Curitiba. Mas as pesquisas eleitorais já começaram a ser divulgadas antes mesmo do quadro todo estar pronto. Já houve até a desistência do candidato Ney Leprevost, que foi convocado para voltar a assessoria do governo Ratinho Júnior.

O nome mais prestigiado até agora pelas pesquisas eleitorais tem sido do prefeito Rafael Greca (foto), que concorrerá à reeleição e já teve seu nome homologado pela convenção do DEM.

Estão confirmadas também as candidaturas de Carol Arns (Podemos), João Guilherme de Moraes (Partido Novo) e Renato Mocellin (PV).

Falam-se também nas candidaturas de Gustavo Freut (PDT), Delegado Francischini (PSL), Christiane Yared (PL), Luizão Goulart (Republicanos), João Arruda (MDB), Luciano Ducci (PSB), Paulo Opuszka (PT), Thiago Chamulera (Patriota), Edson Lau (PSDB), Camila Lanes (PCdoB), Zé Boni (PTC).

A Paraná Pesquisas divulgou em dezembro passado a primeira pesquisa com prováveis candidatos. Greca foi o nome mais citado com 29,9% das intenções de voto.
Depois vieram: o deputado federal Ney Leprevost (PSD e que já desistiu da disputa); o deputado federal e ex-prefeito Gustavo Fruet (PDT); e o deputado estadual Fernando Francischini (PSL). Ney tinha 11,5% das intenções de voto, Fruet (11,4%) e Francischini 11,2%.

A pesquisa foi feita com 1.352 eleitores curitibanos entre os dias 11 e 13 de dezembro. A margem de erro é de 2,5 pontos porcentuais.

Já a pesquisa da rádio Jovem Pan ouviu 800 eleitores, entre os dias 30 de agosto e 3 de setembro. Foram feitas duas simulações, uma com Ney Leprevost (PSD) entre os candidatos e outra sem.

Confira os números das intenções de voto no cenário curitibano já sem a participação de Ney Leprevost na corrida eleitoral:

Rafael Greca (DEM) – 43,6%
Gustavo Fruet (PDT) – 12,1%
Fernando Francischini (PSL) – 10,1%
Christiane Yared (PL) – 4,5%
Luizão Goulart (Republicanos) – 3,8%
Cida Borghetti (PP) – 2,5%
João Guilherme (Novo) – 2,1%
Caroline Arns (Podemos) – 1,9%
Renato Mocellin (PV) – 0,5%
Letícia Lanz (PSOL) – 0,3%
Paulo Opuszka (PT) – 0,3%
Zé Boni (PRTB) – 0,3%
Professor Eloy Casagrande – 0,1%
A margem de erro é de 3,5 pontos porcentuais, para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número PR-04183/2020.

Uma resposta em “Exagero de candidatos em Curitiba

  1. Posso começar a chorar agora ou nas eleições ? Candidatos para ficar horrível falta muito. Salve se quem puder. Curitiba está na mão dos mesmos de sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s