Quatro desistiram, mas PM de Curitiba pode ser disputada por 16

Quarta-feira, 16 de setembro, é o último prazo para que PT, MDB e PP confirmem ou não seus candidatos ou alianças para a disputa a Prefeitura de Curitiba. É último dia fixado pela Justiça Eleitoral para as convenções partidárias. O número de concorrentes pode chegar a dezesseis nomes, já que treze foram confirmados até agora:

O atual prefeito Rafael Greca (DEM), deputado estadual Goura Nataraj (PDT), deputada federal Christiane Yared (PL/PROS), deputado estadual Fernando Francischini (PSL/PSDB), psicóloga Marisa Lobo (Avante), estudante Camila Lanes (PC do B).

Estão confirmados também os nomes de Letícia Lanz (PSOL), Eloy Casagrande (Rede), Caroline Arns (Podemos), Professora Samara (PSTU), Renato Mocelin (PV), João Guilherme (Novo) e Fabiano dos Santos (PMB).

Devem concorrer também o professor Paulo Opuszka (PT), deputada estadual Maria Victória (PP) e o deputado federal João Arruda (MDB).

Ficaram fora da disputa, por opção pessoal, os desistentes: deputados federais Ney Leprevost (PSD), Luizão Goulart (Repub), Luciano Ducci (PSB) e Gustavo Fruet (PDT).

Isso só melhora a situação do atual prefeito Rafael Greca, que tem o apoio do governador Ratinho Júnior e lidera as pesquisas de intenção de votos.

Na montagem fotográfica, os quatro desistentes: Leprevost, Ducci, Fruet e Luizão

Uma resposta em “Quatro desistiram, mas PM de Curitiba pode ser disputada por 16

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s