Auxílio aos cretinos

Quando é para aumentar o salário mínimo do trabalhador paupérrimo do Brasil, governo, parlamentares, pastores e deuses do plenário abrem o peito para dizer que o empresário não aguenta mais.

Agora quando é para manter suas mamatas e defender o santo dinheiro do povo que é distribuído pelo governo, eles são pra lá de generosos. É o caso do tal do “auxílio-mudança”, que segundo o blog governista do jornalista Cláudio Humberto, está mantido.

Esse maldito auxílio garante uma ajudinha de custo de R$ 33,7 mil por parlamentar para seu deslocamento para Brasília. Ocorre que se o deputado for para um segundo mandato, ele vai receber de novo outros R$ 33,7 mil, mesmo que não tenha movido o pé da Capital Federal.

A prática é tão vergonhosa quanto o presidente da República vetar as benesses para as Igrejas e Templos e depois incentivar os parlamentares e derrubarem o seu próprio veto.

Entre a cretinice e a corrupção, o que prevalece mesmo é o mau-caratismo da classe que ocupa cargos executivos e legislativos, enquanto o povo paga o preço no seu rancho de supermercado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s