Mais um na prancha do pirata

As cenas do velho filme se repetem. Ontem o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello confirmou que o Brasil tem uma carta de licença de fabricação da vacina Coronavac e que vai adquirir 46 milhões de doses da China.

Hoje pela manhã choveram minions escandalizados acionando as redes sociais de Bolsonaro e falando absurdos sobre esta decisão.

Resultado: Bolsonaro foi Bolsonaro, mais uma vez e cravou que NÃO VAMOS COMPRAR.

Imaginem que está formado mais um conflito entre o Ministério da Saúde e o presidente. Não se sabe oficialmente o desfecho, mas tudo leva para mais uma fritura, como já aconteceu com Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich, ambos escolhidos por Bolsonaro e que deixaram o cargo em virtude de desacertos com as ideologias do presidente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s