Fatos & Notas


ORIGEM DO VÍRUS – A não ser que você acredite que os chineses, intencionalmente, fabricaram um vírus em laboratório e disseminaram-no mundo afora, não diga que o vírus é chinês. Não alimente as teorias conspiracionistas que só entraves colocam na hora de remediarmos essa tão caótica pandemia.Vírus não tem pátria, nem região. Não é porque o Chikungunya originou-se em Moçambique que vamos dizer que o vírus é moçambicano. Lembre-se: os europeus exterminaram parte dos nossos indígenas disseminando gripe, sarampo, varíola, etc. Assim é com o vírus HIV da Aids ou com o vírus da gripe espanhola, que começou, na verdade, nos EUA. Que importância tem para o bem da humanidade apontarmos seus locais de origem?

Fonte: Regina Reinert

/////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

VOTO PELO CELULAR – Curitiba, São Paulo e Valparaíso, em Goiás, são as três cidades brasileiras escolhidas para o primeiro teste do votos pela Internet. A ideia é o Tribunal Superior Eleitoral – TSE, que já está selecionando as empresas interessadas no sistema.

A primeira votação servirá apenas como experimento e não terá validade para a escolha oficial dos eleitos. Os testes vão acontecer com candidatos fictícios e acontecerão durante o primeiro turno eleitoral deste ano, em 15 de novembro.

Haverá estandes experimentais espalhadas por essas cidades e os eleitores poderão utilizar o sistema através de seus smartphones. Por ser apenas um teste, também não haverá compartilhamento de dados eleitorais com as empresas que se oferecerem para apresentar suas tecnologias.

As empresas dispostas a participar do processo devem contatar com o TSE entre 28 de setembro e 1º de outubro. Os participantes terão reuniões com a equipe técnica do TSE para definir detalhes.

Fonte: O Estado de S. Paulo

///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

NÓS, OS ABUTRES – O presidente Bolsonaro, em mais uma das suas investidas, classificou os jornalistas que foram a sua última entrevista coletiva em Brasília, de “abutres”. O objetivo foi ofender os profissionais da comunicação, comparando-os às grandes aves de rapina. Porém, ele, pelos seus poucos conhecimentos, ignora que diferentemente de outras aves desse gênero, os abutres não caçam seres vivos, mas comem sobretudo animais mortos e lixo. Então, inocentemente, ele se auto-intitulou um cadáver ou lixo, presas preferidas do abutre. Cabe a esta ave fazer a limpeza da natureza, pois o abutre quando encontra um animal morto ou moribundo, voa até ele para partilhar a refeição. O abutre é extremamente útil ao eliminar a carniça que povoa o mundo.
Os abutres são consideradas entre todas, as maiores aves voadoras. Eles podem voar por horas, planando graciosamente com as longas e amplas asas. E outra característica que enaltece esses animais, ao qual o presidente comparou os jornalistas, é que eles têm visão excelente. Enxergam longe, vêem além de muitas outras espécies. E estão preparados para enfrentar o pior.
Então esta comparação, mesmo que tenha sido exalada para denegrir, de fato, tem efeito totalmente contrário. O que demonstra, não apenas a má intenção, mas a total falta de observação e desconhecimento do que diz e faz do nosso presidente um vírus danoso para toda a sociedade pela sua falta de critério, de preparo e principalmente por ser um gênio que espalha o mal e o ódio em todos os quadrantes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s